Ceratocone pode deixar você cego?

ceratocone

O ceratocone é uma doença que atinge uma em cada 20 mil pessoas somente no Brasil. Ele causa diminuição da qualidade de vida e de acuidade visual e exige um acompanhamento médico adequado.

Como ainda não é tão conhecida quanto outras condições, essa doença ainda gera muitas dúvidas, do diagnóstico ao tratamento. Uma das questões mais recorrentes, entretanto, é se esse quadro pode ou não deixar você cego.

Para conferir a resposta, continue lendo e saiba mais sobre esse tema tão importante.

Afinal, o que é ceratocone?

O ceratocone é uma doença ocular degenerativa. Ela afeta o formato e a espessura da córnea, gerando o que é conhecido como astigmatismo irregular.

Conforme ela progride, a córnea vai perdendo o formato esférico e assumindo um aspecto de cone. Além disso, ela se torna mais fina e suscetível.

Seus principais sintomas são a visão borrada, a dificuldade de enxergar de perto e de longe, fotofobia, visão duplicada e coceira nos olhos. O diagnóstico é feito unindo os sintomas a exames, como a topografia corneana.

O fator genético e hereditário é a principal causa para a ocorrência e o desenvolvimento dessa doença. Porém, ela também é motivada pelo ato de coçar os olhos com frequência.

É mais comum em adolescentes e jovens adultos e, entre as idades de 30 a 35 anos, tende a estabilizar.

Essa condição pode levar à cegueira?

A maior dúvida sobre o tema é se essa doença pode levar à cegueira. Diferentemente do que acontece com o glaucoma, por exemplo, ele não causa danos permanentes ao nervo óptico.

ceratocone

Mesmo assim, é um quadro que pode te deixar cego. A falta de cuidados e de acompanhamento certamente prejudicará a visão e, inclusive, levará a condições debilitantes ou limitantes.

Em alguns casos, pacientes com essa condição possuem mais de 10 graus no uso de lentes corretivas, as quais, mesmo assim, não garantem total nitidez de visão em certas situações.

No geral, é uma doença administrável, mas em quadros avançados essa condição pode levar à cegueira.

Qual é o tratamento indicado?

O ceratocone não tem cura e não é reversível. Uma vez que os danos na córnea existam, não podem ser desfeitos.

Entretanto, há tratamentos que permitem o manejo da condição e que evitam a sua progressão, ao menos de maneira acelerada. O uso de lentes rígidas é uma forma de prevenir a mudança de formato da córnea, assim como é possível usar o Anel de Ferrara.

Trata-se de um elemento fixador de córnea, que é posicionado mediante cirurgia, e que também ajuda a impedir a progressão da doença.

Há, ainda, cirurgias como o Crosslink, que reforça as fibras da córnea e auxilia o travamento do movimento de deformação dessa estrutura.

Em condições muito avançadas e de cegueira, a única solução possível é o transplante de córnea.

O ceratocone é uma doença que pode deixar você cego. Porém, isso só acontece em casos avançados e sem acompanhamento médico, de modo que realizar o tratamento é fundamental para manter a qualidade de vida.

Nos comentários, deixe as suas impressões, experiências ou dúvidas sobre o assunto e participe do blog.

Hospital de Olhos
MENU