Hospital de Olhos Como funciona o tratamento de hipermetropia

Como funciona o tratamento de hipermetropia?

tratamento de hipermetropia

A hipermetropia é uma condição oftalmológica em que os pacientes têm dificuldades para enxergar de perto. Ela pode acontecer por causa de alterações no cristalino ou na córnea, que diminuem a capacidade dos olhos em refratar a luz corretamente. Ou ainda, o olho pode ser um pouco menor que o normal. Nesse caso, a imagem é formada num plano posterior à retina, o que a deixa embaçada.

A grande maioria das crianças nasce hipermetrope. Entretanto, elas têm uma grande capacidade de acomodar a visão e suportar graus maiores de hipermetropia que um adulto. É comum que crianças com hipermetropia deixem de precisar dos óculos quando chegam a fase adulta. Isso porque os olhos crescem e atingem o tamanho normal. Além dessa situação, existem outras formas de voltar a enxergar com precisão apesar da condição. Conheça como funciona o tratamento de hipermetropia.  

Óculos e lentes de contato para tratamentos imediatos

A hipermetropia é diagnosticada com exames clínicos realizados pelo médico oftalmologista no próprio consultório durante as consultas de rotina.

O tratamento de hipermetropia imediato será recomendado pelo oftalmologista de acordo com o grau e rotina do paciente. Serão prescritas lentes convexas ou convergentes, de acordo com cada diagnóstico e correspondentes ao grau de hipermetropia. Para uns, os óculos serão ideais por sua praticidade e até mesmo a possibilidade de escolher estilos diferentes. Para outros, as lentes de contato são mais confortáveis e não trazem mudanças na aparência.

tratamento de hipermetropia

Cirurgia refrativa, o tratamento de hipermetropia definitivo

As cirurgias refrativas a laser são a opção definitiva de tratamento de hipermetropia. São procedimentos seguros desenvolvidos e executados com aparelhos de alta tecnologia: Excimer Laser ou Lasik. Em ambos os casos o formato da córnea é corrigido para que a refração da luz aconteça corretamente e as imagens.  O laser age na periferia da córnea, alterando a sua curvatura e tratando a dificuldade de refração causada pela hipermetropia. A melhor indicação será feita pelo médico oftalmologista.

No dia da cirurgia será realizado um exame de topografia dos olhos para que o laser seja aplicado de forma personalizada a cada caso.  É um procedimento ambulatorial, ou seja, acontece com anestesia tópica e o paciente será liberado para ir para casa alguns minutos após a cirurgia. A recuperação é simples e o paciente poderá sentir um leve incômodo ou ardência nos olhos. Em poucos dias a visão está normal, as imagens nítidas e sem o auxílio dos óculos ou lentes de contato.

Geralmente, a cirurgia a laser como tratamento de hipermetropia é indicada para pacientes acima de 21 anos. Se você está considerando a possibilidade de livrar-se dos óculos, procure o seu médico oftalmologista e manifeste sua vontade. Ele irá avaliar a condição dos seus olhos, saúde em geral e qual tratamento de hipermetropia será melhor aplicado. Acima de tudo é importante visitar o oftalmologista com frequência e seguir suas orientações corretamente. Seja quanto ao manuseamento de óculos e lentes de contato, ou após o procedimento cirúrgico.

Está procurando tratamento de hipermetropia? Conte nos comentários como a melhoria da visão pode melhorar a sua rotina.

 

Hospital de Olhos
MENU