Hospital de Olhos Quando deve ser tomada a decisão de usar lentes corretivas

Quando deve ser tomada a decisão de usar lentes corretivas?

lentes corretivas

Se você está com dificuldades para enxergar de longe, de perto ou quando há muita claridade, talvez seja o caso de usar lentes corretivas. Independente se for óculos ou lentes de contato, o uso deve ser uma decisão feita com calma, consultando especialistas da área e buscando uma solução de qualidade.

Usar lentes corretiva sem instrução pode trazer riscos para a saúde dos olhos e impactar negativamente a qualidade de vida de qualquer um. Dores de cabeça, vermelhidão e dificuldades para enxergar podem fazer parte da rotina daqueles que escolheram ignorar os sintomas ou usam óculos sem prescrição médica.

Para saber quando deve ser tomada a decisão de usar lentes corretivas, reunimos, abaixo, algumas recomendações:

Use lentes corretivas em casos de doenças refrativas

Você sabia que as doenças refrativas são os problemas oculares mais comuns? São elas a miopia, a hipermetropia e o astigmatismo. Essas doenças atingem desde crianças a adultos e são facilmente identificadas, principalmente quando há um acompanhamento preventivo de médicos da área.

De uma maneira geral, em todas as doenças a retina tem distorções que fazem com que os feixes de luz não cheguem ao local correto. Por isso, quem tem miopia não consegue enxergar de longe, quem tem hipermetropia não consegue focar objetos perto e os pacientes com astigmatismo sofrem independente da distância.

Em todos os casos, o uso de lentes corretivas fará com que ocorra um aumento de qualidade de vida. Pois, sem óculos ou lentes de contato, as pessoas com essas doenças têm dificuldade para ler, trabalhar ou realizar qualquer tipo de tarefa que demanda uma visão perfeita.  

lentes corretivas

Cuidado quando a visão embaçada for constante

O nome comum da presbiopia é, na verdade, vista cansada. Essa doença atinge adultos a partir dos 40 anos e alguns dos seus principais sintomas é a dificuldade para focar objetos de perto e ficar com a visão embaçada.

Na verdade, o problema ocorre devido a um desgaste no sistema de acomodação do olho. Com o passar dos anos, é comum que os olhos não estejam totalmente saudáveis e as pessoas sintam dificuldade para ler um jornal ou uma revista, por exemplo.

Usar lentes corretivas nesse caso é a melhor tomada de decisão. Isso porque é uma solução simples e fará com que todas as atividades que envolvam enxergar bem de perto sejam feitas sem nenhum tipo de problema.

Consulte um oftalmologista sempre

Para saber quando você deve usar lentes corretivas, o primeiro passo é marcar uma consulta com um oftalmologista de um local de confiança. Nunca compre óculos ou lentes de contato sem antes consultar um especialista. Muitas vezes, soluções prontas não são indicadas porque existem alguns fatores que somente um oftalmologista poderá detectar e ter cuidado com os olhos nunca é demais.

A verdade é que sua visão não irá piorar por conta do uso, mas sem uma prescrição médica, as lentes corretivas não resolvem os problemas oculares da melhor maneira. Pior, podem trazer consequências como dores de cabeça constantes e incômodos nos olhos.

Viu quando deve ser tomada a decisão de usar lentes corretivas? Lembre-se de que é importante sempre buscar ajuda médica antes. E acompanhe nosso blog para ler mais sobre cuidados para a saúde dos olhos.

 

 

Hospital de Olhos
MENU