médico fazendo exame de vista em criança

Qual a diferença entre miopia, hipermetropia e astigmatismo?

diferença entre miopia, hipermetropia e astigmatismo

Estima-se que mais de 35 milhões de brasileiros sofram com pelo menos um problema de visão. Dentre os mais comuns estão a miopia, a hipermetropia e o astigmatismo. Mesmo assim, muita gente não entende do que se trata cada caso e quais são as suas características.

Como a informação é imprescindível para uma boa saúde de olhos, o ideal é reconhecer qual é a diferença entre miopia, hipermetropia e astigmatismo. Continue lendo e saiba tudo o que é necessário!

O que é a miopia?

A miopia é um erro refrativo em que o paciente possui dificuldade para enxergar de longe. Isso acontece porque o olho é mais longo do que o normal ou possui uma curvatura muito acentuada.

Com isso, a imagem é formada antes da retina, o que faz com que a visão do que está próximo não seja afetada.

Embora a hereditariedade seja uma das principais causadoras, os hábitos também podem contribuir para desencadear o problema.

O que é a hipermetropia?

Enquanto isso, a hipermetropia corresponde à dificuldade em enxergar de perto. Como o olho é mais curto do que deveria, acontece de a imagem ser formada atrás da retina.

Um dos sintomas de que uma pessoa sofre com o problema é quando ela precisa afastar o objeto para ter uma visão mais clara do que está à sua frente.

É extremamente comum em crianças, já que os olhos dos pequenos ainda estão em formação. Nesses casos específicos, entretanto, é uma condição apenas temporária.

diferença entre miopia, hipermetropia e astigmatismo

O que é astigmatismo?

O astigmatismo, por sua vez, corresponde a uma dificuldade em enxergar tanto de perto quanto de longe, simultaneamente. Isso acontece porque o formato da córnea não é perfeitamente esférico, gerando a visão dupla.

Essa condição pode ser congênita ou adquirida ao longo da vida, especialmente quando está associado a condições como o ceratocone.

Assim como as outras duas e dependendo do caso, o astigmatismo pode ser corrigido com cirurgia a laser. Também é viável usar óculos ou lentes de contato para corrigir a refração.

Qual a diferença entre miopia, hipermetropia e astigmatismo?

Em comum, o trio de condições tem alguns fatores: são erros refracionais, estão ligados à forma do olho e, normalmente, podem ser operados a laser.

Porém, é fundamental conhecer a diferença entre miopia, hipermetropia e astigmatismo. A mais destacável é que algumas delas podem estar juntas, enquanto duas delas, não.

Ou seja, uma pessoa pode ter miopia e astigmatismo em um olho ou hipermetropia e astigmatismo. Porém, não é possível ter miopia e hipermetropia justamente porque são causadas por condições opostas quanto à forma do olho.

Para completar, o astigmatismo pode chegar à condição irregular, principalmente devido ao hábito de coçar os olhos. Com a progressão do ceratocone, a perda de visão pode ser total, o que normalmente não acontece com os outros casos.

Embora as diferenças pareçam ser muito claras, somente um médico especialista poderá realizar um diagnóstico preciso de qual é a condição que você possui.

Ao reconhecer a diferença entre miopia, hipermetropia e astigmatismo, é possível ter um cuidado maior com os olhos. Em qualquer um dos casos, é ainda mais importante fazer o acompanhamento com um oftalmologista.

Conte nos comentários se você sofre com algumas dessas possibilidades e se tem alguma dúvida sobre a diferença entre miopia, hipermetropia e astigmatismo!

Hospital de Olhos
MENU