mulher pigando colírio no olno

Sintomas da conjuntivite: quais são os mais comuns?

sintomas da conjuntivite

A conjuntivite é um problema ocular relativamente comum e é caracterizada por uma infecção na conjuntiva, membrana que recobre o olho. Ela pode ser de três tipos: alérgica, viral ou bacteriana e apenas as duas últimas são contagiosas.

Em geral, não é uma ocorrência grave e nem sequer tem tratamento específico. O que o oftalmologista recomenda, normalmente, são medidas para aliviar o desconforto causado pelo quadro. Contudo, não é por não ser urgente que deve ser ignorada, já que o cuidado com a saúde da visão é indispensável.

Para saber quando a atenção médica se faz necessária, conheça os sintomas da conjuntivite e aprenda a identificar a doença.

A vermelhidão dos olhos é um dos principais sintomas

Em todos os casos, inclusive na condição alérgica, é muito comum que os olhos fiquem vermelhos. É algo acontece porque os vasos sanguíneos da conjuntiva ficam pronunciados e ativos.

O fato de o organismo lutar contra um agente patogênico ou alergênico também faz com que a região se torne avermelhada — como acontece em infecções na pele, por exemplo. Geralmente, a vermelhidão é acompanhada de olhos marejados devido ao excesso de produção lacrimal.

A eliminação de secreção também é um dos sintomas da conjuntivite

Além das lágrimas em maior volume, a condição pode levar ao surgimento de uma secreção. Quando se trata de um quadro bacteriano, é frequente que o líquido que verte da região seja amarelado. Nos casos virais, a secreção branca é mais recorrente.

A quantidade do muco também varia. Quando o vírus é o agente causador, por exemplo, aparece em menor volume. Além de tudo, a secreção é altamente contagiosa e o simples fato de encostá-la no outro olho já tem potencial para gerar a contaminação.

sintomas da conjuntivite

Em geral, é preciso de 15 a 20 dias para que esse sintoma desapareça por completo, dependendo de cada indivíduo.

A sensação persistente de coceira é frequente

Outro entre os sintomas da conjuntivite é a vontade constante de coçar os olhos. Por causa da irritação, a estrutura ocular fica sensível e suscetível e apesar do lacrimejamento e da liberação de secreção, a região fica mais seca.

Como resultado, é frequente que os pacientes relatem a sensação de areia nos olhos e o súbito interesse em coçá-los sem parar. Esse sintoma aparece, inclusive, no quadro alérgico e tem graus variados.

É importante evitar essa atitude, já que o hábito pode gerar lesões ou distorções na córnea, além de contribuir para o contágio.

O inchaço ocular acontece em diversos níveis

Como a conjuntiva fica inflamada, é comum que ela aumente de tamanho. Em casos de maior intensidade, portanto, um dos sintomas da conjuntivite é o inchaço ocular. Ele pode acontecer tanto na pálpebra superior quanto na inferior, bem como ocupar uma área maior ou menor.

Em algumas situações, a membrana aumenta tanto de tamanho que o olho praticamente não fica aberto. Isso gera um dos maiores incômodos com a condição, mas também é aliviado ao longo dos dias, conforme a doença é dissipada.

Os sintomas da conjuntivite são famosos por gerarem grandes incômodos. Caso qualquer um deles apareça, não hesite em procurar um oftalmologista, que poderá dar o diagnóstico e as indicações corretas.

Nos comentários, diga se ainda há alguma dúvida não respondida e participe.

Hospital de Olhos
MENU