menino lendo vários livros

4 sintomas de hipermetropia em crianças que você precisa conhecer

hipermetropia

A hipermetropia é um problema bastante comum em crianças e é causada pelo olho que é um pouco menor do que deveria ser. Como os olhos funcionam como lentes, as imagens não focalizam direito, sendo um problema que acontece com objetos próximos.

A incidência acentuada em crianças se justifica pelo fato de nesse momento o corpo ainda estar se desenvolvendo, então é possível que ao menos durante um período os olhos fiquem de tamanho inadequado, causando problemas para enxergar.

O quanto antes essa questão for identificada, mais cedo ela poderá ser tratada, aumentando a qualidade de vida de maneira geral. Sendo assim, veja a seguir quatro sintomas desse problema de visão em crianças e saiba como identificá-lo.

Dificuldade em focalizar imagens mais próximas é um dos sintomas de hipermetropia

A hipermetropia se caracteriza por ser o oposto da miopia, levando a uma dificuldade em enxergar de perto. Com isso, um dos maiores sintomas é a dificuldade em focalizar objetos que estejam próximos.

Para se ter uma ideia, é o caso de crianças que não conseguem ler corretamente, tendo que afastar os livros de perto do rosto para que consigam enxergar melhor. Brincadeiras que exijam precisão com detalhes e visão mais próxima também podem gerar problemas.

hipermetropia

Falta de concentração e dificuldade na realização de tarefas de casa são frequentes

Por causa disso, é muito comum que esse problema impacte negativamente o desempenho escolar. Se com a miopia a dificuldade acontece em sala de aula, como para enxergar o quadro negro, na hipermetropia o problema é, normalmente, a lição de casa.

A dificuldade em ler corretamente atrapalha o desempenho e faz com que seja mais difícil compreender as orientações e realizar as tarefas. Isso leva a uma falta de concentração crônica, tornando esse momento mais difícil do que o normal.

Reclamações constantes de dores de cabeça podem indicar o problema

Na tentativa de enxergar de perto, as crianças acabam forçando muito os olhos. Normalmente, cerram as pálpebras na tentativa de focalizar o objeto, sem que normalmente haja muito sucesso.

A consequência disso vem em forma de dores de cabeça constantes e pertinentes. Se a criança começou a reclamar de dores de cabeça e outros sintomas estão sendo observados, há grandes chances de se tratar desse problema de visão.

Olhos lacrimejantes ou que piscam muito são outros indícios de hipermetropia

O esforço necessário para focalizar os objetos também causa impactos diretamente nos olhos. Eles ficam mais vermelhos e lacrimejam mais facilmente, já que é preciso que a criança faça um esforço consideravelmente maior.

Além disso, a visão cansada — devido à força realizada — também obrigada as crianças a piscarem demais, como se estivessem incomodadas com algo. Caso você note uma criança cerrando os olhos e com eles lacrimejando, é bastante provável que ela tenha esse tipo de problema de focalização.

Bastante comum em crianças, a hipermetropia pode ser identificada tanto por sintomas físicos quanto comportamentais. Dificuldade de foco, dores de cabeça e olhos lacrimejantes estão entre as principais reclamações e exigem a procura de um profissional especializado.

Tem alguma dúvida a mais sobre o assunto? Não deixe de comentar para que possamos te ajudar.

 

Hospital de Olhos
MENU